8.2.11

O Clamor por Democracia e o Calendário Profético.



Temos experimentado a democracia como o sistema político que melhor funciona no momento. Ele nos provê certas liberdades desconhecidas até então na História. A essa altura, não há outro sistema viável comparado á democracia.
A democracia está nos lábios de todos, especialmente desde a sensacional e inesperada queda da Cortina de Ferro.  Não passa um dia sequer sem que algum relato nos telejornais fale algo acerca do progresso da democracia. Alguns têm chamado de a liberdade última e outros de a libertação da humanidade. Ainda outros dizem que a democracia é o direito dado por Deus para todos os homens sobre a Terra.
Após a queda do muro de Berlim, o símbolo que separava o Ocidente do Oriente, o Comunismo do capitalismo e à medida que vemos a democracia se movendo rumo ao Oriente, considera-se que ela (democracia) é a resposta absoluta a todos os problemas do mundo.
Alguns anos atrás, o comunismo era, quem sabe, o sistema mais poderoso do mundo.
Hoje não é mais uma ameaça real ao capitalismo, mas sim, a democracia está no palco, na frente e bem no centro. É o novo e único poder neste inicio de século. Estamos nos aproximando da época em que ninguém, absolutamente ninguém, será capaz de se opor á democracia.
Embora nos regozijemos com o fato de que nossos irmãos e irmãos da Europa Oriental podem agora ter comunhão com maior liberdade, e estejamos contentes pela liberdade que eles têm agora de viajar para o Ocidente, não podemos permitir que esta alegria nos cegue para o novo perigo que se aproxima. O perigo que agora parece ser tão positivo é um mundo unido sob a bandeira da democracia.

O fato de que estamos hoje experimentando um clamor mundial em regiões onde nem sonharíamos em ver tamanhas manifestações populares em favor da democracia, nos faz pensar no que a bíblia nos diz a respeito.

Mas quem, em sã consciência, poderia se opor a tal progresso?
Qual é o problema da fraternidade universal, da unidade global, da paz e da prosperidade? Superficialmente nada, mas aqueles que diligentemente estudarem as Escrituras saberão exatamente para onde esse desenvolvimento nos conduzirá.
Desde o princípio, os homens têm esperado pela pessoa certa, com o sistema certo, que haverá de conduzir a uma paz e harmonia universais. Mas, os homens têm desejado que isso aconteça em seus próprios termos. Será que a paz e a prosperidade são realidades possíveis em nossos dias? Sim, não apenas a paz é possível, mas essa paz poderia vir porque ela foi profetizada pelas Sagradas Escrituras. Sim, haverá paz num nível ainda não conhecido e ela inundará o mundo de tal forma que toda oposição será eliminada. No auge do sucesso, entretanto, ela assumirá uma identidade diferente. A máscara cairá e a sua verdadeira natureza será revelada. Ela não apenas se moverá globalmente, mas também se moverá universalmente, em querer tornar-se como Deus. 

À medida que a investigamos pela perspectiva bíblica, descobrimos que a democracia, não importa quão boa seja, acabará por dar posse ao Anticristo.
“Quem é semelhante à besta? Quem poderá pelejar contra ela?” Apoc. 13.4