12.10.11

Discernindo a Vontade de Deus Para Nossas Vidas Hoje !

Na confusão religiosa de nossos dias, com doutrinas conflitantes por todo os lados, para onde nos voltaremos para determinar o que o Senhor realmente quer de nós ?
Muitos se fecham em si mesmos.
Outros buscam a vontade de Deus consultando seus sentimentos, intuições.
Há ainda alguns que mergulham em "experiências" religiosas.
Outras pessoas e dirigem a "chefes" de organizações religiosas pensando em obter respostas sobre a vontade de Deus para a sua vida. Se esquecem que todo o ensino de homens deve ser testado pela palavra de Deus, uma vez que há muitos lobos vestidos de cordeiros.
Alguns consultam/ procuram videntes com uma pseuda informação sobre a vontade de Deus para sua vida.
Tem muitos que nem se preocupam com a vontade de Deus para sua vida, saem por ai "fazendo a obra", até iniciam bem mas seu fim é trágico, pois confiam em seus próprios planos; e quando agimos e pensamos independentemente, acabamos sempre fracassando.


O único modo de sabermos os pensamentos de Deus sobre a sua vontade para nossa vida é a através de sua revelação, a sua palavra, conforme Paulo nos adverte e orienta em I Cor.2.10-16:


"Entretanto, falamos de sabedoria entre os maduros, mas não da sabedoria desta Era ou dos Poderosos desta era, que estão sendo reduzidos a Nada.
Pelo contrário, falamos da sabedoria de Deus, do  mistério que estava oculto, o qual Deus preordenou, antes dos princípios das Eras, para nossa glória.
 Nenhum dos poderosos e sábios desta Era entendeu, pois se houvesse entendido, não teriam crucificado o Senhor.
Todavia, como está escrito; "Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma concebeu o que Deus preparou para aqueles que o amam",mas Deus o revelou a nós por meio do Espírito Santo.
Este sonda todas as coisas, até mesmo as coisas mais profundas de Deus.
Pois quem dentre os homens conhece as coisas do homem a ser o espírito do homem que está nele?
Da mesma forma, ninguém conhece as coisas de Deus , excepto o Espírito de Deus.
Nós, porém, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito procedente de Deus, para que indentamos as coisas que Deus nos tem para dar e tem dado,gratuitamente.
Delas também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito, interpretando verdades espirituais para os que são espirituais.
O homem que não tem o Espírito não aceita as coisas que vem do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entende-las, porque elas são discernidas espiritualmente.
O homem espiritual discerne todas as coisas, mas ele mesmo por  ninguém é discernido; pois quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instrui-lo?
Mas nós, porém temos a Mente de Cristo.